quarta-feira, 21 de julho de 2010

Veja 10 dicas para deixar os cabelos com a cor perfeita

Como nem sempre é possível colorir as madeixas em um salão de beleza, 
seja por falta de dinheiro ou mesmo tempo, muita gente acaba incorporando 
a cabeleireira e fazendo retoques de raiz, mechas ou cobrindo os fios brancos 
em casa mesmo. Mas para que essa prática não se torne um verdadeiro desastre, 
siga 10 regrinhas.


1. Não economize na tintura
"O excesso de tinta é desperdício, pois não vai modificar o efeito desejado, 

nem para melhor, nem para pior. Já a falta de tinta prejudica o procedimento, 
ou seja, o cabelo pode ficar com algumas falhas na coloração. Por isso, o melhor 
é seguir as instruções da embalagem, já que a quantidade de oxidante também é 
muito importante. Mais oxigenada do que tinta compromete a cor, já que fica diluída. 
E colocar mais tinta, pode manchar. "Além disso, é preciso equipamentos como 
medidores, catálogos de cores, pois na embalagem só vem a cor da tinta".

2. Faça o teste da mecha para alergias
Antes de qualquer coisa, não esqueça nunca, de fazer o teste da mecha. 
 
É por meio desse teste que a pessoa saberá se é alérgica ao produto e se o 
fio está pronto para receber a tinta. "Prepare um pouco de tintura e passe em 
uma mecha atrás da nuca. Se não der nenhum problema, como coceira, 
irritação ou quebra dos fios, o produto poderá ser usado sem restrição."

3. Faça o teste da mecha para cor
Outros processos químicos podem ter muita influência no resultado 

obtido com a coloração. Em muitos casos é necessário aplicar tintas 
de diferentes tonalidades na raiz e nas pontas para que a nuance fique 
uniforme. O profissional é a pessoa mais indicada para te ajudar antes de 
tingir o cabelo em casa. Porém, se você não quer alterar a cor, basta usar 
o tom exato das melenas.

4. Ilumine o visual com luzes
Na opinião dos especialistas, esse é um procedimento que não deve ser 

realizado em casa, já que exige habilidade e produtos específicos para a técnica. 
Se feita de forma errada, as luzes podem ficar manchadas, assim como o 
restante dos fios. Agora, caso você saiba fazer o procedimento, fique atenta 
com as nuances que mais combinam com você. Para as negras, mechas douradas, 
acobreadas e tons avelã. Nas loiras, a moda é raiz escura e pontas mais claras.
 As ruivas podem apostar nos dourados e as morenas em cores quentes, como 
os acobreados.

5. Use a sua cor natural como base
 Escolher corretamente a cor de base é fundamental para que o resultado seja 

positivo, já que ela é a tonalidade que mais se aproxima da cor natural dos fios. 
"Entre outras funções, a cor de base ajuda na cobertura dos brancos, auxilia na 
correção de manchas e escurece o cabelo e fecha os tons. Se a cor estiver errada, 
pode não ser tão gritante na hora, mas quando vierem os fios novos, isso vai 
ser facilmente percebido".

6. Fique atenta aos fios brancos
Para quem não consegue se livrar dos tão temíveis fios brancos, o uso de 

tinta deve ser feito com um intervalo menor de tempo, podendo ser uma 
vez por mês ou até mesmo a cada 15 dias, dependendo da quantidade 
de brancos. Quanto a tonalidade a ser escolhida, use colorações de dois a 
três tons mais claros do que a cor natural, já que as nuances mais claras 
ajudam a disfarçar o problema. Tons base como castanho escuro a loiro 
claro cobrem praticamente todos os cabelos brancos, sendo os mais 
recomendados para esses casos.

7. Respeite o tempo de pausa
"É preciso respeitar o tempo de espera encontrado na embalagem, já que o uso 

incorreto pode comprometer a cor desejada. Caso a pessoa fique menos tempo 
do que o recomendado, a fixação do produto pode ficar comprometida e ter uma 
durabilidade menor. Em tempo: o uso da tinta em um período superior pode 
manchar os fios com excesso de corantes".

8. Não confie no tom da caixinha
O que está na caixinha é apenas uma referência do resultado alcançado. 

O resultado será similar, mas não igual ao da foto, ok? Tudo vai depender 
das condições atuais do seu cabelo. "É importante levar em consideração se 
ele é natural ou já possui algum tipo de química, por isso, o mais recomendado
 é consultar um profissional antes de realizar a técnica".

9. Invista nos cuidados após a tintura
Hidratar é a palavra chave para manter as madeixas sempre saudáveis. 

Esse tratamento deve ser realizado antes e depois da coloração, já que o 
processo nutre as melenas dando força para que o cabelo receba a tinta 
diminuindo o desgaste que a química resulta. "Eu recomendo lavar a cabeça apenas 
dois dias após o processo, pois esse é o tempo necessário para a pigmentação se 
fixar melhor nos fios. No dia-a-dia use xampu e condicionador específicos para 
cabelos tingidos, com ingredientes que combatam o ressecamento e prolongam a cor".

10. Utilize os acessórios certos
Na hora de tingir as madeixas você precisa ter os acessórios certos. 

O primeiro passo é utilizar o kit que acompanha a coloração como luvas e aplicador. 
Também é preciso de um pente para a divisão do cabelo e um pincel próprio para 
espalhar melhor a tinta. Para que o rosto não fique manchado, o ideal é passar uma 
camada de creme protetor na testa e contorno das orelhas. E para não manchar a roupa, 
proteja os ombros e costas com uma toalha.


Espero que tenham gostado das dicas, seguindo-as, sim, podemos tingir nossas madeixas em casa, mas lembre-se sempre que quiser uma mudança radical procure um bom profissional!


Leka Hair Stylist

Um comentário:

Ankh Abud disse...

Muito bem explicado =)